Facebook Aprimorarfacebook Siga a Aprimorar no facebook twitter Trabalhe Conosco trabalhe conosco

entre em contato 32.3303-0100


#Dia Mundial da Infância – As crianças e o futuro da humanidade

20.03.2014

Por Aline de Moraes Pernambuco

Se a criança vive com críticas, ela aprende a condenar.
Se a criança vive com hostilidade, ela aprende a agredir.
Se a criança vive com zombarias, ela aprende a ser tímida.
Se a criança vive com humilhação, ela aprende a se sentir culpada.

Porém,

Se a criança vive com tolerância, ela aprende a ser paciente.
Se a criança vive com incentivo, ela aprende a ser confiante.
Se a criança vive com elogios, ela aprende a apreciar.
Se a criança vive com retidão, ela aprende a ser justa.
Se a criança vive com segurança, ela aprende a ter fé.
Se a criança vive com aprovação, ela aprende a gostar de si mesma.
Se a criança vive com aceitação e amizade, ela aprende a encontrar amor no mundo.

Pedagogia Waldorf

“As pessoas grandes não compreendem nada sozinhas, e é cansativo, para as crianças, estar toda hora explicando”

O Pequeno Príncipe

se

Hoje é o Dia Mundial da Infância e não podíamos deixar de registrar esta data que é uma das mais importantes da humanidade – eu diria a mais importante de todas elas! Afinal, as crianças são o futuro do planeta. Elas são as sementes de um jardim e poderão se tornar árvores frondosas, cheias de frutos ou ervas daninhas, depende dos cuidados que o jardineiros (os adultos) terão com esta plantinha.

As crianças vivenciarão as consequências dos nossos atos de hoje. O futuro será vivido por elas e muito pouco por nós. E aí lembramos da importância da responsabilidade social e ambiental não serem apenas discursos para enfeitar as instituições, pois uma postura no mundo pode construir um futuro, e também um presente, muito bom, ou muito ruim.

As crianças são como borboletas iluminadas, cheias de vida, com asas e múltiplas cores. Elas trazem dentro de si um universo de imaginação rico e misterioso. É como se estivessem ligadas com o que há de mais profundo no universo. Por isso, faz bastante sentido que se comemore também nesta data o Dia Mundial da Poesia, afinal, a infância é a vivência poética em sua maior plenitude.

Infelizmente, nem tudo são flores. A violência na infância ainda é uma triste realidade e às vezes travestida de amor. A crença de que castigar é um método educacional eficiente está absolutamente equivocada. O medo e a agressividade com que o adulto pode vir a tratar uma criança podem gerar traumas e consequencias danosas no futuro. Na verdade, nem é preciso ir tão longe assim. O próprio momento em que os olhos de uma criança demonstram medo é devastador.

São inúmeras formas de violência na infância. Além dessa, que alguns pais praticam sem se darem conta, há também a violência sexual, física e moral. A humilhação, a carência de afeto e de recursos de subsistência, além do abandono, que é uma das tristes realidades que muitas crianças vivenciam com a ausência dos pais, trazem marcas profundas e irreversíveis na alma, na mente e no corpo dos pequenos.

Criança só precisa de amor, incondicional, absoluto e onipresente. O resto é consequência.

Para os pais que buscam auxílio na educação dos filhos indicamos as obras de Rudolf Steiner que fundou a Antroposofia e a Pedagogia Waldorf, um dos métodos educacionais mais humanistas que o mundo já teve notícia.

A Aprimorar se posiciona por uma sociedade sem violência e por uma infância com abundância de recursos e de afeto, com direito a muita brincadeira. Porque criança foi feita para brincar e aprender brincando, afinal, “brincar é a mais elevada forma de pesquisa” (Rudolf Steiner).

Envie seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(32) 3303-0100

Receba uma ligação da Aprimorar!

Nome: *
Telefone: *
Email:

Informe seu email para que possamos ter uma segunda opção de contato caso não tenhamos sucesso via telefone.